rsz_editorial,0

Editorial
Risco de colapso

O governo Michel Temer ainda não se posicionou sobre a política de concursos públicos, o que é natural, mas precisa fazê-lo em breve, para orientação dos órgãos que demandam pessoal e dos interessados em ingressar no serviço público pelo mérito, pois precisam preparar-se de forma planejada, com grande antecedência. Os […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Corte pedagógico

O corte de 4 mil funcionários comissionados, até o fim do ano, anunciado como uma das primeiras medidas do governo interino de Michel Temer, terá magro resultado prático, pouco contribuindo para o ajuste das contas públicas, mas seu valor simbólico será significativo, demonstrando disposição para acertar. É preciso, claro, que […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
De olho no celular

O telefone celular, hoje, está universalizado, transformado em equipamento indispensável a todos os cidadãos, de todas as classes econômicas. Pela sua extrema necessidade, e também pelo seu potencial de favorecer fraudes, o aparelho requer uma atenção especial dos organizadores de concursos, de preferência uma regulamentação que padronize os procedimentos, evitando […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Os intocáveis

Está certa a Comissão para Acessibilidade Pública da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro ao repudiar a possibilidade de afastamento de servidores estáveis, medida cogitada diante da hipótese de a folha de pagamento ultrapassar o teto estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Afinal de contas, o […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Pedidos pertinentes

Pedidos de concursos como os do INSS (ora realizando um) e da Secretaria da Receita Federal, para 7.351 e 9 mil vagas, respectivamente, podem parecer absurdos, neste período de sérias restrições orçamentárias, motivadas pela recessão econômica e pelas crises política e ética. Mas não são: tratam-se de necessidades prementes, que […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
O diferencial

A estabilidade empregatícia dos servidores estatutários contribui para aumentar a eficiência do serviço público, por garantir segurança e independência aos trabalhadores, além de ser um importante diferencial, hoje de valor inestimável, dada a recessão que já ceifou mais de 11 milhões de empregos. É esse diferencial que faz com que […]

Leia mais...