rsz_editorial,0

Editorial
O que nos espera

A efervescência política, que muito provavelmente levará ao impedimento da presidente Dilma Rousseff, terá alguma influência no mundo dos concursos públicos? É o que muita gente se pergunta, de olho na fila de espera pelas autorizações de novas seleções e na nomeação dos selecionados. Infelizmente, o quadro é muito ruim. […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Tratamento errado

A grave crise econômica impõe sérias restrições aos concursos públicos, para não aumentar as despesas, desequilibrando ainda mais as contas públicas. Mesmo assim, esperava-se um pouco mais de atenção e de respeito à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), pelo papel relevante que desempenha na área da saúde, ainda mais nesta época […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
A toque de caixa

O concurso para a Prefeitura de Mesquita é mais uma boa oportunidade de emprego público, com estabilidade, potencializada pela recessão econômica e pela crise política, que ceifam postos de trabalho e a confiança dos brasileiros. São oferecidas 149 vagas, que certamente serão ampliadas durante a validade da seleção, de até […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
PC transparente

Louve-se a iniciativa do novo diretor da Academia de Polícia do Rio de Janeiro, delegado Georges Toth Junior, de anunciar o início das providências com vistas a concurso para investigador da Polícia Civil. Essa boa antecedência permite a preparação adequada dos candidatos vocacionados para o cargo, resultando em quadro mais […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Para inglês ver

Fica combinado assim: suspenderemos concursos e nomeações, providência facílima de adotar – sequer atinge interesses políticos -, para ajudar a convencer os cidadãos de que estamos firmemente dispostos a sanear as contas públicas. Na prática, os claros existentes nas atividades essenciais serão preenchidos por meio de contratos temporários ou terceirizações. […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
Hupe desenganado

O Palácio Guanabara ainda não reagiu à altura à ameaça de o Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe) fechar as portas em junho, caso não receba os recursos financeiros necessários. A advertência foi feita pelo diretor da unidade, Edmar José Alves Santos, mês passado, em audiência pública na Assembleia Legislativa. É […]

Leia mais...
rsz_editorial,0

Editorial
A vez da Alerj

Não só pelas excelentes remunerações, mas também pelas restrições aos concursos estaduais, já que o cofre público está vazio, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro surge, enfim, como importante alternativa profissional. A salvo da crise sem precedentes – tanto assim que cedeu recursos ao Executivo -, a Alerj está […]

Leia mais...